Um site que não é lá.

GC 19 | Fast Foods – O Rei, o Pato e o Beto

29
GC 19 | Fast Foods – O Rei, o Pato e o Beto

Olá coisos! Comecem a anotar seus pedidos!

Neste novo episódio do “Grande Coisa’s” os coisos Allan PoLLar, Guizaum, Oliver Perez ao  lado do vice prefeito da Cidade Gamer Kodoji salivam sobre os mais variados cardápios tradicionais  das grandes e não tão grandes redes de fast food espalhadas pelos quatro cantos do país.

Saiba neste cast:

  • Como construir uma rede de fast foods com sabores e estereótipos brasileiros;
  • Como ser capiau em rodízios de sushi
  • Quantos gordos cabem em um carro depois de falirem um restaurante;
  • Porque é bom ser rei;
  • Qual rede de Fast Food adotou um personagem Disney e o funk carioca como sua temática;
  • Como esquecer camarão por alguns anos.

Comentado na leitura de emails:

Participação do Pollar no Gavestática #61

A melhor maneira de executar o Windows e Mac simultâneamente com o Parallels Coherence

Para seguir no Twitter:

Mande e-mails para contato.grandecoisa@gmail.com e contato@grandecoisa.com.br não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e assinar o feed do nosso programa, ok?!

  • Olha só, saiu cedo… Enfim

  • =D Mais um Grande coisa, e cedinho! Vou literalmente almoçar ouvindo vocês! Abração!

    (PS: FIRST!)

  • Saudações, coisaiada.

    Que tal citar o autor da vitrine no post? Acho que é uma informação bacana e as do GC são muito bem feitas.

    Abração.

  • Descobri vocês pelo Pixel News.

    Ótimo podcast… falo do Pixel News pq o de vocês é uma m………ma-ra-vi-lha!! (masculinity alert! rsrs)

    Esse é o primeiro cast que ouço e lá vai comentário:

    Sobre a rede de fast food do Bin Laden, minha noiva já fez curso de confeitaria e algumas aulas eram feitas na cozinha de uma unidade deles aqui em São Paulo. Tenho um conselho a passar: NUNCA ALMOCEM LÁ!!! O Bin Laden pega as sobras de massas do dia anterior e reaproveitam nos primeiros pedidos do dia seguinte.

    Nunca gostei muito das esfirras do Bin, pois quando como o meu intestino derrete tanto que fico uns 2 dias com defecação aleatória.

    Agora então… Não piso mais lá!

    Parabéns pelo cast, vou ouvir os anteriores e acompanhar vocês.
    Abraço!

  • Mariana Lima

    Oiii meninos, otimo cast……..
    Mas o Oliver como morador de Guarulhos, se esqueceu de falar da praça de alimentação mais chique da cidade…………..o monte de barraquinah de fast food que tem no parque cecap nas imediações da praça dos mamomas………q conta ate msm com um pizarria numa pista de bocha:D

  • Ânderson Cardoso

    Caraca invasão do Frango Fino (podcast) em “1:22:47” minutos, bom confesso que nunca comi no Bobs e nem no Girafas farei isto essa sexta quando for ao cinema, o Subway é um dos meus preferidos McDonaldo não me sustenta por muito tempo e além do mais me deixa gordo.

    Comer pimentão em lanche é brincadeira né, se eu comer arroto pelo menos uma semana sem parar, quanto a batata do mac ser a melhor vocês só podem ta de sacanagem é a pior batata industrializada que eu já comi na minha vida passa 5 minutos ela esfria e vira um belo pedaço de isopor com sal, ouço muita gente elogiando essa batata mas até hoje não me conformo com isto…batata ruim da porra tnc viu.

    Esse papo de que só em fast food que tem nojeira não é verdade, passei um tempo prestando suporte em um restaurante bem famoso daqui de sp no shopping iguatemi, e vi uma cena no minimo dantesca para os padrões do lugar, o cozinheiro fazendo um prato que custava no minimo uns R$50 pila pegou o “matinho” que ia de enfeita sei lá (nunca entendi essas frescuras do Fasano) eu ali do lado da cozinha só de olho e tal vejo um belo tufo de cabelo no prato, o que o fulano não me faz, puxa o dito tufo do lugar nisso caem na mesa de preparo alguns grãos de arroz e dai o cara limpa o mato na água recoloca minuciosamente no prato, ajunta o arroz caido e leva pra mesa…isto em um restaurante que só frequenta gente pobrinha saca tipo “Faustão, Roberto Justus, João D. Jr” e etc.

    Eu não tenho frescura quanto a comer mas achar cabeça de rato é foda ein, coisa grave demais acho que ficaria com trauma de um lugar desses e nunca mais comeria lá .Bom então é isso coisarada belo cast não foi como os outros de quase 3 horas de duração mas certeza ouvirei de novo, mesmo tendo essa pequena falha na edição que até agora não entendi, o editor deveria estar comendo algo na hora do trampo da nisso kkkkkk .

    Grande abraço a todos vocês esperando um novo cast.

    • Ânderson querido, é tivemos uma inserção mágica da música dos extras no meio do cast. Mas já demos um esporro nela e upamos a versão sem. Certas músicas precisam aprender o seu lugar!

      • Filipe Fonseca

        Tem que postar toda semana poxa, quinzenal é muito pouco, alem disso agora que voces estao com temas gerais fica bem mais facil que no nerdrops, muito bom todos os podcats do 00 ao 19, espero que voces continuem, façam umas propagandas ou uma parceria com algum portal voces tem potencial para serem tao bons quanto nerdcast,rapaduracast e etc

  • E aí Coisos, beleza?

    Minha preferência entre as redes de fast food é o Burger King sem dúvidas. O Whooper Furioso (o que vem com pimenta Jalapeño) é campeão e sempre Onion Rings no lugar da batata. Bob’s só pra Milk Shake de Ovomaltine.

    Já Fast Food de comida nem curto nenhum. Tudo sem gosto.

  • Grandes coisos!

    Excelente cast as always e vambora pro metrô!

  • Boa noite galera!
    Ouvi o cast hoje e curti pra caramba, já tinha ouvido os últimos 3 mas por falta de tempo mesmo ainda não tinha comentado.

    Bom, curti pra caramba o episódio, gostei bastante de como foram trocando o nome das marcas por equivalentes em português ou usando palavras parecidas, ficou bem engraçado mesmo.
    Sobre o conteúdo em si, eu não costumo ir muito a Fast Foods, mas quando vou é para arrebentar, prefiro o Rei do Hambúrguer ou o Metro, os arcos dourados nunca. Certa vez fui no Rei do Hambúrguer e comi um pranto de bacon com bancon, carajo que troço bom aquilo, mas fiquei 24 horas sem dormir pelo excesso de energia no meu corpo, caras, vocês não estão entendendo, fui muito punk chegar em casa depois de um dia inteiro e não ter sono pela quantidade de bacon ingerida, é praticamente um infarto em forma de prato. Sobre o Metro ele é uma opção mais natureba, politicamente correta, é bom que até pessoas vegetarianas, como a minha esposa, pode comer nele sempre problemas, é só tirar a carne e encher das saladas citadas ai no programa.

    Mandaram muito bem galera, estão de parabéns com o programa

    Grande abraço

  • Bastardos, ouvindo este podcast enquanto cruzava o centro da cidade, fui obrigado a parar no drive-thru dos arcos dourados e pegar um Funkeiro Flurry

  • Olá moças.

    1º “Coisa”

    Pato Funkeiro, Roberto´s, Rei do Hamburguer, Metrô e Garotos Peraltas se tornaram os nomes oficiais das digníssimas “fastfoodeiras”

    2º “Coisa”

    Em 2002, estava eu com os meus 150KG indo ao Pato Funkeiro com um amigo, num bairro onde o simbolo é um pássaro que “beija flores”, compramos um antigo Nº 1, tudo belo e gostoso na rede palhacildo, até que avistamos uma barata passeando lindamente pelo salão onde estávamos comendo, esse meu amigo que é um grande FDP diga-se de passagem, o que fez:

    Matou a barata com o tênis e a isolou em um guardanapo (isso tudo na calada da noite) e foi comendo o seu “Mac Grande” sem stress, eu obviamente esperando a merda, fiquei quieto, daí quando faltavam 25% do sanduíche ele o abriu e colocou a barata entre o picles e a carne (traumatizei com a cena, óbvio), daí ele foi indignado ao balcão e chamou o gerente, amostrou o Grande Mac com a barata e como desculpas, recebeu outro lanche e mais um para levar pra casa e ainda reclamou se eu não ganharia também, ok que eu comi, com um peso na consciência, mas não sou de ferro.

    E com isso na história de hoje, deu pra ver que as fastfoodeiras são vilões, mas existem também os escrotos que pegam qualquer argumento para ataca-las.

    Vão a merda.

  • Grant Decoy de Sah

    Caras

    Eu era muito adepto do extinto Arby’s, estão lembrados? Era os sandubas que supostamente era baseados na culinária do Texas. Eu deixei de ir por um tempo e depois essa bagaça sumiu infelizmente pois curtia demais aqueles lanches gigantes a maioria feitos com rosbife.

    • é a praga do saudosismo… eu tinha sérios problemas de personalidade quando tentava resistir à ir mandar um sanduiche de mortadela de cavalo no arbys no intervalo da facul… realmente, no “nosso tempo era bem melhor” mas essa porra acabou… saudades do arbys

  • Réhx

    Boa Coisos, agora vocês abordaram o tema que eu mais gosto, kkk.
    Deixe-me fazer minha lista de preferências…
    Quesito lanches eu sou adepta do M de Maria, ou para vocês o “arcos dourados”, o super Big Trasty com batata grande é meu pedido predileto, mas o cheeseburguer dos pequenos preços é minha segunda opção (só por causa do picles).
    Nunca experimentei o Beto’s mas o rei do hamburguer me conquistou por conta do “beba o quanto quiser ou puder” (confesso que fiquei esperando ela encher o meu copo! Que gafe), o metrô não me chamou muito atenção, se eu não quisesse sofrer de problemas coronários eu preparava pão de forma com alface americana, tomate e maionese em casa mesmo.
    As batatas do M de Maria são muuuuuito deliciosas, mas o Habibas também lançou uma belga que meu deus… Achei sacanagem vocês não comentarem das “tortinhas” do M de Maria, mas tudo bem, rs.
    Sorvete e milk shake do M de Maria, mas quem não lembra da casquinha que tinha aquela calda de chocolate que endurecia? Muito bom, e o Mc flury realmente é magnífico!
    Falando em sobremesas, os pescoçudos ganharam com o PediGatô.

    Fora isso, descobri que vocês são mais gordos do que eu imaginava, rs.
    abraços.

  • PH Prado

    Olha só coisos, meu primeiro comentário!
    hahaha

    Só passei aqui para perguntar como ousaram esquecer da cabana das pizzas e do China na Caixa (tá, teve o setor citado), mas o Cabana das Pizzas é sacanagem. rs xD

    Continuem com o ótimo trabalho.
    Abs!

  • Baixando só agora pra ouvir no trampo. Mas deve estar foda.

  • Ou não deve estar lá grande coisa.

  • Israel Cesar

    Putz, deu até vontade de comer um bobão’s agora! :/
    ótimo cast coisos!

  • Ola Coisos, esse cast foi realmente muito gorduroso e muito divertido.
    Tenho preferencia de sempre ir no Arcos Dourados e uma vez me deparei com um caso diferente.
    Foi no arcos pra comer um MC Quarteirão com batatas e refri, quando entra no recinto uma mulher um pouco mais pomposa e com um garoto usando uniforme de escola particular.
    Ela fez o pedido dela e do garoto e sentou na mesa próxima ao caixa. Depois de um tempo ela chama o gerente, que na hora foi a mesa aonde ela estava, e pergunta:
    -Moço, vocês mudaram o modo de fazer as batatas, pq estas estão com o gosto um pouco diferente.
    E o gerente responde:
    -Atualmente estamos testando batatas de outros países, já que as batatas utilizadas anteriormente vinham da Argentina e estávamos tendo dificuldades com a produção e a distribuição.
    A mulher aceitou a resposta dada pelo gerente, mas eu não.
    Aproveitei o lançamento dos videos do Alem da cozinha do Arcos, um tempo depois do ocorrido, e olhei o vídeo relacionado as batatas e adivinha qual o pais de origem de produção?
    Isso mesmo. Argentina, mais precisamente na cidade de Balcarce em Buenos Aires.
    Agora a questão que fica é se realmente o Arcos resolveu o problema na produção das batatas ou se aquele gerente pensou rápido e soltou uma desculpa qualquer.

  • Olá coisos! Este programa deu fome! Rs… Muito engraçado o comentário de vocês, ri demais!
    Abraços!

  • certa vez, combinado com meu bro, fomos ao pato funkeiro e na maldade pedimos “2 lanches de cada + 2 cocas + 2 batatas”. Só pra mocinha do caixa entender e acreditar foram vários minutos. Depois, claro, no auge dos nossos 15 anos adolescentes, choramos um pouco, mas mandamos pra dentro quase todo cardápio insólito pra dentro! Não tinhamos tanta variedade quanto hoje, mas era bem uns 6 ou 7 sanduiches distribuidos em 3 bandeijas pra cada um. Naquele dia me senti pleno! Até tiramos foto com o gerente e alguns funcionários numa espécie de troféu do sucesso que a rede alimentar fazia – provavelmente estamos até hoje pindurados num quadro empoeirado de alguem ex-gerente espinhento morbidamente gordo. Bom… eu gosto dessa historia, mas não é lá GRANDE COISA… =B

  • cara, sendo chato, Game of Thrones foi escrito em 1996 então é do seculo passado

    • E do milênio passado também. Seu chato.

  • Cara, então tem coisas bem piores na salsicha que jornal, conheço gente que trabalhou produzindo isso, eles tiram toda a carne do porco / vaca /galinha e o resto de “carne” vira o CMS que é usado para fazer uma miríade de embutidos, na industria alimentícia CMS basicamente é o nome técnico para tudo que é porcaria que pode remotamente ser chamada de carne…

    eu não duvido que a carne desses fast foods seja de origem bovina, agora como vc sabe que o hamburguer nao eh feito com o anús do boi…

    adoro o tremsub , mas aquela carnezinha deles nao me engana

  • Filipe MacLeod

    Mas a música não sai da cabeça:
    Dois hamburgueres, alface, queijo, molho especial, cebola e picles num pão com gergelim, é Grande MC… GrandeMC!!!!

  • donihq

    E agora que o shake de ovomaltine foi pro MC pato?