Um site que não é lá.

GC 64 | O trabalho enobrece o homem

40

TRAGA LOGO MEU ENVELOPE REDONDO PARA MANDAR UMA CIRCULAR!

Em meio a lixas, refrigerantes batizados, dinâmicas de grupo furadas, morcegos e muitos peões de obra bem humorados, Allan Pollar, Guizaum, Luiz Sussi, Oliver Perez e Simão Neto se juntam a Fábio Déo Garcia em suas narrativas de causos ocorridos em seus locais de trabalho. Seguindo a máxima burguesa de que “o trabalho enobrece o homem”, esses sacripantas não pensaram duas vezes antes de revelar seus piores momentos enquanto se aventuram nesse louco mundo do mercado de trabalho.

SAIBA NESTE EPISÓDIO

  • Como ser babaca com os peões de obra;
  • De que forma uma “pegadinha” pode virar crime;
  • Como processar a internet;
  • O que é um “nariz amigo”;
  • As maravilhas da esfoliação facial durante o trabalho;
  • Melhor maneira de se portar em uma dinâmica de grupo.

BAIXE O .ZIP DESTE EPISÓDIO ASSINE O FEED DO GRANDE COISA ASSINE PELO ITUNES

MANDE UM E-MAIL CURTA A FANPAGE PARTICIPE DO GRUPO ASSINE O CANAL SIGA NO TWITTER

  • Ewerton

    Primeiro ?

    • Talvez, a verdade é que nunca saberemos.

  • Sckazinski

    Voltei de férias, meio enferrujado. Mas eu voltarei aos topos!

  • Wellington Braz Leandro

    Fabio Kiss agora é o novo batizado Coiso do GC é?
    Baixando, vamos escutar. ^_^

    • Gostaria muito heim! Tomara que eles me contratem 😀

  • João Lucas dos Santos

    O trabalho empobrece o homem.

    Att,

    • O trabalho exausta o homem

      • João Lucas dos Santos

        “A noble spirit embiggens the smallest man”

  • AEEEEEEEEEEEEE
    Bora escutar 😀

  • Stamos Engrev

    Ihhh o GC Rapaduriou?

    • Por conta dos emails? Estamos aproveitando 2015 pra fazer algumas experiências.

  • Mateus Pinesi Souza

    Episódio muito bom!
    Nas aulas de segurança no trabalho eu ouvia uma história pior que a outra. Tem um episódio dos Simpsons que ilustra bem o treinamento contra incêndio nas empresas! huahuahua

    Vejam: https://vimeo.com/17013838

    • No final das contas, é na base do desespero mesmo. Só no Japão pra conseguir fazer todo mundo sair organizadinho quando tem um risco de explosão.

  • Minha risada nos GCs que participei
    https://www.facebook.com/video.php?v=10153291452486412

  • Infelizmente não tenho o orgulho de dizer que eu já lavei papel carbono e sou uma pessoa mais triste por isso kkk!!

    Véi, eu sempre me fodo nessas dinâmicas de grupo ou individual mesmo, esses testes babacas de RH! Em 2010 quando tava procurando emprego fiz uma dinâmica que envolvia contas, entrei numa sala fechada e me deram uma folha com um monte de cálculos, aí eu bem no auto da minha sagacidade, “Não, vou fazer tudo no papel, sou foda bagaria”, mas velho, faz aí de bate pronto 4587 x 3125 ou então 289 / 5, era tudo conta de 3 4 dígitos difíceis pra nossas épocas que dependemos da calculadora, pra resumir a parada, em 5 minutos eu fiz tipo umas 3 contas de umas 15, mas não ficou ninguém na sala cuidando, podia usar o celular tranquilamente se quisesse, não preciso nem dizer que não recebi uma ligação da empresa com vagas de trabalho, sempre me fodo nessas dinâmicas babacas.

    Pra contar um pouco das histórias de trabalho, confusões e tudo mais, fiz um podcast sobre: http://www.aerolitos.com.br/aerocast-016-confusoes-no-trabalho/. Fica aí o Jabá Free.

    Me diverti muito com as histórias, principalmente a do Oliver do cara que encheu o motor do carro com água, épico!!!!

    Muito bom galera

    Abraço

    • Sabe o que é foda Leo, essas dinâmicas de grupo são essas invenções de RH pra tentar achar O LÍDER NATO (mesmo que seja pra estagiário). Aí te mandam, por exemplo, essa folha cheia de cálculos, mas o que eles queriam de verdade é que você escrevesse um texto sobre como olhar os pássaros debaixo d’água… mas é só pra poder analisar sua caligrafia.

      E lavar papel carbono é dose hein.

  • ozochs

    Como não podia deixar de ser… Um cast Supimpa!

    Histórias de SERVIÇO sempre rendem boas risadas.

    Um causo recente entre mtos, trabalhando no Call Center de uma empresa que dizem que o mundo é deles. Atendo uma cliente surtada dizendo que eu estava desligando o decoder dela, Eu! Eu quem tinha atendido aleatoriamente. Eu que estava fazendo parte de um grande complô contra ela, junto com os grandões da empresa, já que não gostávamos que ela pedisse fatura por E-mail (?).
    Na tentativa de explicar que realmente tinha algo ocorrendo o equipamento e precisaria da numeração do smartcard, pedi para acessar um canal especifico para verificar essa numeração, qdo a ela disse que tinha jogado o controle pela janela, porque “me viu” no poste desligando o equipamento dela (decoder)
    Eu – ” Sra…isso não condiz. A sra. não poderia ter feito isso…”
    Ela tinha certeza que estava falando com o responsável. Tentei ignorar a situação do controle sendo arremessado do APARTAMENTO dela, para resolver o mais rápido.
    Tentei o mesmo argumento de verificar a numeração, mas sugerindo a checagem direta no aparelho. Claro que pisando em todos os ovos possíveis que aquela ligação já beirando os 30 min pedia.
    Ai ela me fala que não iria ver nada, que eu estava fazendo de proposito tudo aquilo. Que como eu não estava vendo que ela com a perna quebrada, já que espionávamos ela?! Pois é…
    Nessa conversa que durou qse 2HORAS. teve citações bíblicas, ameaças a minha alma. 1 conferencia de viva-voz com o advogado dela, que pedia para ela parar com isso. e outra conferencia com a mãe dela, que pedia pra ela se acalmar que logo chegaria pra resolver, eqto ela chorava dizendo que estávamos provocando ela, mais uma vez.
    Pois é… pedir pra supervisor te ajudar nessas horas e ver ele sair de fininho é o que se merece por não ter nascido rico.

    Até a proxima minha gente.

    • Uuhauhahua puta merda hein! Tem pessoas que são, digamos assim,”diferentes” em questões cognitivas. Mas essa conferência com advogado é demais. Uma vez, eu trabalhando no perfil das redes sociais do governo aqui do estado, costumávamos seguir de volta todo mundo que seguia a gente, fazia parte. Aí recebemos um reply de um cara que tinha um perfil no Twitter com 1 (UM – HUM) seguidor, a gente no caso e depois que ele ficou sabendo foi: “O governo está me seguindo, certamente por ordem do próprio governador, mas jamais irei me calar”

  • Anderson Paranhos

    Muito legal o cast, fui metalúrgico (a raça que o Lula liderou, rs) durante 10 anos e tenho muitas histórias pra contar, nem começo pra não escrever muito, rs. Mas dá vontade de mandar um áudio, rs.

    • Perdeu algum dedo?

      • Anderson Paranhos

        Quase, o mindinho direito.

    • pollar

      Manda o áudio, rapaz!

      • Anderson Paranhos

        Vou tentar gravar o áudio e mandar hoje.

      • Anderson Paranhos

        Gravei o áudio, como faço pra enviar, pelo e-mail mesmo?

  • Olá coisos. Gostaria de parabenizá-los pelo excelente cast. Gostei muito da escolha do tema.

    Eu tenho alguns casos engraçados para contar.

    1 > Quando eu tinha 17 anos, trabalhei em uma grande empresa no ramo de informática aqui em Caxias do Sul. Eu fazia parte da área de manutenção de PCs. Com um mês de trabalho, fui convocado à fazer uma entrevista em outro local. Eu faltei um dia inteiro de trabalho, aí no outro dia, a mulher do RH veio conversar comigo sobre o por quê eu havia faltado no dia anterior sem avisar. Eu, na maior sinceridade, respondi: “Eu faltei pois tinha uma entrevista agendada para ontem”. Ela me olhou com uma cara “você realmente está em dizendo isso?”
    No outro dia, fui demitido.

    2> Trabalhei em um escritório de contabilidade onde eu era o responsável pelo setor de T.I., certa vez pediram para eu trocar um galão de água vazio por um cheio, do bebedouro. E adivinhem? Fiz igual um de vocês, o galão de 20L escorregou lentamente pelas minhas mãos e quebrou, inundando todo o escritório. Em 10seg todo mundo estava erguendo as caixas com papelada de clientes (era muita coisa), por sorte nenhum documento teve perda total.

    3> Na minha última semana nesse escritório, o qual havia completo cinco anos de trabalho, resolvi zoar. Com a desculpa de anotar os dados do pessoal para continuar mantendo contato, peguei um papel e uma caneta. Só que essa caneta, era especial, ela dava choque!
    Eu chegava em um colega, lhe entregava o papel e a caneta e pedia para ele anotar seu e-mail pessoal. Quando ele ia anotar, levava um choque. Contando assim, pode não ter graça, mas as reações que eu vi, foram únicas e hilárias! hahahah

    É isso aí, abraço!

  • Meshuggeiro

    Cara, essas histórias me deixam nervoso…

    • UHahuauha trabalhar estressa qualquer um!

  • Agatha Gonçalves

    Essas histórias foram FODA hahaha
    Uma delas me identifiquei. Eu era coordenadora de uma escola de informática, no qual, tinha aquele pessoal LINDO do comercial, que ficava ligando e obrigando as pessoas a irem ‘visitar’ a escola. Só que essas meninas eram MEGA folgadas, chegaram a abrir a marmita de um dos meus professores e comer SÓ A MISTURA (Carne), dai fiquei puta da vida. Pensei, o que fazer? Dai tive a brilhante ideia de comprar o PIOR laxante e o mais barato, picar ele lindamente e colocar num doce.
    O pior de tudo foi saber que a DIRETORA que passou mal e olha que eu já havia reclamo com ela sobre isso e ela sempre deixava passar UHASuhiuhas escrotona. Teve que ir pro médico hahah acho pouco!

    Adorando o podcast de vocês.

    Beijos

    • pollar

      Issaê! Tamo junto, colega!

    • Nunca na minha passei por ninguém me roubando marmita, isso é simplesmente coisa de quem não teve educação em casa.

      • Agatha Gonçalves

        Tenho tantas histórias de roubos, que não da nem para contar, faria um livro haha

  • Israel Silva

    Mais um grande podcast. As histórias foram fodas. Vou compartilhar uma filhadaputice em uma das corporações por onde passei.

    Depois de um tempo de dedicação na corporação, fui até o encarregado para solicitar um reajuste em meu salário. O FDP, paraíba, puxa saco do cara$#o, após ouvir meu pedido virou-se e disse:
    – Aumento? Pra que você quer um aumento? Você é solteiro e não precisa de aumento.
    Os senhores devem imaginar como eu fiquei. Mas como a zoeira never ends, a coisa não tinha acabado. Como era um sábado e a empresa estava precisando desafogar o setor, esse mesmo encarregado veio até a minha pessoa e me perguntou:
    – Você pode fazer hora extra amanha?
    Eu disse não, e ai ele emendou
    – Porque não? Você é solteiro e não tem família, pra que ficar em casa no domingo.
    Olhei bem pra cara dele, dei um sorrisinho maroto e perguntei se o que iriamos fazer era importante e quantas pessoas iriam.
    – È importante e só vem você.
    Foi nessa hora que eu disse que estaria bem cedinho no domingo, já que eu sou solteiro pra fazer hora extra, mas não para receber uma promoção.

    Depois de tudo isso vocês acham que eu fui? Claro que não. Nem preciso falar que ele se fodeu nessa.

    Enfim, trabalhar EMPOBRECE o homem tanto no bolso quanto no espirito porque quanto mais tempo você fica em uma empresa, mais burro e insensível vai se ficando, dependendo do cargo.

    Valeu coisos. Um abraço!

    • Falaí Israel, trabalhar empobrece mesmo. E não se preocupe com esse seu chefe aí, pois você vai passar muito por isso, se já não passou. Tem algumas pessoas que recebem 1 ponto de poder a mais que você começar a fazer merda e a destratar outras pessoas.

  • Filipe MacLeod

    Salve salve coisos!!!
    Lembrei de um fato mega engraçado aqui no trampo. Trabalho com relatórios, indicadores, e desenvolvimento de ferramentas, um certo dia estava numa atividade fudid* de validação de informação e conferencia de alguns relatórios para o meu gerente, quando um colega me liga e eu pego o telefone e atendo:
    “-Control C….”
    Após alguns segundos de silencio do outro lado da linha, ele responde:
    “-Control V…”
    E rindo alto do outro lado da linha. Eu comecei a rir muito também, e perguntei o que ele queria, ai ele disse:
    “-Deixa pra lá, você tá muito ocupado….”

    Estava tão concentrado que nem percebi o que estava falando, enfim essa foi uma das minhas histórias, se lembrar de mais, volto e coloco aqui, no mais, excelente cast como sempre…
    Valeu!

  • Vitor Urubatan

    Cara, o Oliver possui uma experiência de vida .RAR não é possível cara.
    Em tão pouco tempo o cara viveu tanto assim hahaha!