Um site que não é lá.

GC 88 | Vende-se máquina do tempo seminova

19

A 88 MPH chega do passado (ou seria do futuro?) mais um episódio que promete uma viagem pelos distúrbios temporais nos clássicos do cinema e séries de TV. Para esta jornada contamos com os coisos Gui Baldi, JS Neto e Oli Perez para tecer, desvendar ou se confundirem com os mais variados contos envolvendo teorias, anomalias, maquinas e viagens temporais.

Comentado no cast:

Dr. Who – Dia dos Pais

Feitiço do Tempo

Arquivo X – Segunda-Feira

Arquivo X – Sincronia

Arquivo X – Triângulo

A máquina do Tempo (1960)

A máquina do Tempo (2002)

O Predestinado

O Pagamento

MIB 3

Noite Alucinante 3

Projeto Almanaque

De Volta Para o Futuro (I, II e III)

Minority Report

Efeito Borboleta

Os 12 Macacos

Looper

Déjà Vu

Alta Frequência

Contra o Tempo

Primer

 

Banner-Patrono

Inoue | Fabio Kiss | Daniel Rossi | João Queiróz | Daniel Buchinger Jr | Willian Augusto | Leandro Santos | Filipe Figueiredo Silva | Otavio Oliveira | Thiago Oliveira Martins Costa Luz | Ted | Cristiano Souza | Bruno Gunter Fricke | Sharp Walker | Renan Dillenburg | Luiz Martins | Rodrigo Carrapeta de Souza | Helio Paiva Neto | José Carlos Suárez da Rosa | Franz Niederheitmann | Henrique Esteves | DIEGO FRANCISCO DE PAULA | Thiago Kunsch Rocha

 

BAIXE O .ZIP DESTE EPISÓDIO ASSINE O FEED DO GRANDE COISA ASSINE PELO ITUNES

MANDE UM E-MAIL CURTA A FANPAGE PARTICIPE DO GRUPO ASSINE O CANAL SIGA NO TWITTER

  • Paulo Marcelo

    http://waitbutwhy.com/2015/01/artificial-intelligence-revolution-1.html

    Queria recomendar a leitura do artigo acima, que pessoalmente acho que o tema abordado valeria um programa específico, para tentar contra-argumentar o que foi falado no minuto 35 em que se discute o quanto se avançaria para o futuro para se testemunhar uma realidade bem diferente da nossa, alguém cogitou 1000 anos. Bem, o artigo argumenta que a relação “passagem do tempo” versus “mudanças significativas” vai depender do período tecnológico em que se vive. Por exemplo, a diferença de 250 anos entre 1500 e 1750 realmente não seria grande coisa, porém se o cara de 1750 viajasse para a época atual (que é aproximadamente os mesmos 250 anos), provavelmente a mudança que ele viria seria tão diferente da sua realidade a ponto dele cair duro no chão incapaz de compreender o que ele estaria vendo a sua volta. Agora perceba que para alguém do passado de 1750 ter esse mesmo choque ao chegar em 1750, ele teria que estar vindo de 12.000 AC, antes do conceito de civilizações, agricultura e cidades. E para alguém do passado de 12.000 AC, para se surpreender, teria que estar vindo de 100.000 anos atrás.

    Hoje com a internet e computadores cada vez mais modernos, nossas conquistas estão avançando de forma exponencial. Talvez uma viagem de apenas 50 anos no futuro, com destaque aos avanços da inteligência artificial e da realidade virtual, seja suficiente para fazer o viajante cair duro no chão com o choque de realidade.

    • Sim, mas você omitiu uma informação que eu falei. Disse que quando se viaja para 100 ou 200 anos você ainda é capaz de reconhecer alguma familiaridade com o mundo que você vive, construções, estradas e algumas outras estruturas. Porém 1000 anos no futuro você pula não só gerações, como uma era inteira.

      Dito isso, se você pular uma pessoa dos anos 80 direto para os anos 2000 já teria esse deslimbramento de cair de costas.

  • Singham

    Estou um tanto quanto surpreso. Aconselho assistirem o filme Time Lapse… Envolve viagem no tempo, cientistas, gente povão e como mulher pode ser um bixo filha da puta.

  • Maquina do tempo? ah, se fosse uma maquina de Café nego até pensava em comprar. 🙂

  • Inoue

    Muito massa.
    Achei que o Neto iria citar mais de Dr. Who,pois como ele falou,não dá para falar de viagem no tempo sem falar de Dr. Who,afinal é só “viagem” no tempo.Caso não saibam,somos todos viajantes do tempo em uma única direção,como vocês falaram o presente é algo que tende ao passado e o tempo não pára.Tem um filme muito bom e maluco chamado “Frequently Asked Questions About Time Travel”.
    http://www.imdb.com/title/tt0910554/
    Sobre o filme “Prime”,fiquei curioso e vou assistir,Donnie Darko é bom,meio maluco mas um bom filme.(se me perguntarem se entendi o filme a resposte é não)

    Vida longa e próspera.

  • Sckazinski

    Caras! Em que ano estamos? Sinto como se eu tivesse estado preso em algum vórtice temporal! 😛

    Só pra mencionar mais alguns casos ainda não mencionados (eu acho, não consegui terminar o podcast ainda):
    O Filme Questão de Tempo (http://www.imdb.com/title/tt2194499/?ref_=nm_flmg_act_13). Baita filme, apesar de ser romance/drama, é ótimo pra assistir com as respectivas parceiras. Filme bonito! (Rachel McAdams é bônus nesse filme! Muito lindinha!)
    Falando da mesma, tem o filme The Time Traveler’s wife (traduzido como “Te Amarei Para Sempre” (Tá serto)) que mostra um viajante do tempo e sua “destinada” se encontrando fora de ordem.

    E falando em viajantes do tempo que se encontram fora de ordem… essa aqui é pro Neto: A gente viu a relação do Doctor com a River Song do ponto de vista do Doctor. Mas e o ponto de vista da River?
    https://www.youtube.com/watch?v=GrgLNER9JBM

    Abraços do passado! Ou do Futuro!

  • Paulo Marcelo

    Como um grande fã de ficção científica, e especialmente de viagem no tempo, gostaria de indicar os filmes abaixo que não foram citados no cast e nem nos comentários (até o momento), e que valem muito a pena também. O 1 e o 4 são produções independentes e o 2 e 3 foram feitos pra TV. Ordenei na minha ordem de preferência:

    1- Crimes Temporais (Los cronocrímenes)
    2 – Meia-Noite E Um (12:01) (1993)
    3 – Correndo Contra o Tempo (1990)
    4- Coherence (2013)

    OBS: O game Quantum Break promete, hem? Mas não joguei ainda por falta de verba $$$

    • Edivaldo Alves

      Eu não chamaria Coherence de viagem no tempo, mas de realidades paralelas ou multiversos. Mas é bem doido.

  • Minionpornor

    Sou ouvinte há algum tempo já, mas esse episódio me instigou à comentar. Primeiramente, vocês são foda, os temas dos podcasts são sensacionais, a edição é ótima, a informação e as piadas estão na medida exata, parabéns pelo excelente trabalho!
    Anotei as indicações de filmes para assistir e o primeiro que vi foi Looper, o qual achei excelente.
    Gostaria de indicar que assistissem um episódio da série Supernatural, o qual faz uma paródia com o dia da marmota, até mesmo citando o filme. O episódio é o 11º (Mystery Spot) da 3ª temporada (tempo que a série era boa) e vale muito a pena!!
    No mais, abraço à todos e continuem sem fodásticos!!

  • Ryüjin

    muito bom o cast, a temática da viagem no tempo realmente rende bons filmes, gostaria apenas de ressaltar um que foi deixado de lado aqui. “about time” ou questão de tempo em HU3 BR. apesar de não ter dado inicialmente muita atenção para o título, pois aparentava ser um romance genérico, ele realmente surpreende com uma historia bem desenvolvida.

    o filme utiliza de uma viagem de tempo mental (parecida com a de efeito borboleta) fazendo o publico ir e vir diversas vezes ao passo que o protagonista tenta consertar suas decisões para garantir um resultado que lhe agrade (seria ótimo realmente ter um Ctrl+z da vida real), porem o filme não cai no cliché romântico e a trama entre o casal principal chega a ser concluída nos primeiros 40 minutos de filme, dai o filme engrena em sub-plotes familiares fazendo com que suas escolhas sejam reavaliadas e suas prioridades repensadas.

    um filme realmente inesperadamente bom. que deve agradar tanto as patroas quanto aos barbudos sem coração,

    um abraços aos coisos e coisas.

  • Edivaldo Alves

    De fé mesmo q vcs não falaram do MELHOR filme de viagem no tempo da história??? TimeCop. Só essa imagem já explica quão bom esse filme é. Fora o mullet. http://popoptiq.wpengine.com/wp-content/uploads/2015/04/timecop-splits-1024×781.png

  • Edivaldo Alves

    Agora falando sério! Comecei a ouvir o podcast por conta das participações do Guizão no PLN. Em especial ao programa de recomendações q falaram de Making a Murderer até Cavaleiros do Zodíaco. Ouvi vários programas (meu favorito é o sobre desastres radioativos) já e acompanho regularmente agora. Até “converti” alguns ouvintes para cá com indicações dos guias definitivos tb. O programa foi maneiro. Não vou aqui pesquisar, mas já li em alguns lugares q tem a teoria q o personagem do Bill Murray vive, no mínimo, 50 anos o mesmo dia. (Mesma coisa com o T.Cruise no surpreendentemente divertido No Limite do Amanhã). Tb já vi alguns mais radicais dizendo q pode ser até mil anos no mesmo dia. Certamente ele passou alguns bons anos, afinal aprendeu tocar piano, fazer esculturas e td mais. No filme Questão de Tempo (About Time no original) o cara viaja, mas somente no seu próprio tempo e apenas para o passado, recomendo fortemente esse filme é mto bonito mesmo! Só queria mesmo deixar aqui o meu elogio ao Guizão. Eu não ouço mtos podcasts, mas o q tem em comum nos q eu ouço é q os Hosts são bons e dão uma fluidez interessante. Guizão, para mim ta no mesmo grupo dos bons hosts como o Vitinho do Pelada/PLN e tb do Marton do Papricast. Cada um com suas características, mas q fazem o programa rolar de um jeito agradável e bom de ouvir várias vezes. Vlw. Mas ainda acho vacilo não terem falado de TimeCop do Van Damme, hahaha.

  • leonnn1

    Cara, nunca tinha escutado o podcast de vocês mas gostei muito e venho aqui trazer um dos melhores filmes de viagem no tempo: https://www.youtube.com/watch?v=G5xAbp1SW5c

    É isso que dá juntar um fã do Jackie Chan com alguém que já viu o filme do dia da marmota!

    Excelente!

  • Excelente cast, seus coisos!
    Muito dos filmes que vocês citaram, eu nunca vi! Tá aí uma boa oportunidade para corrigir esse meu erro.

    Viagem no tempo é um assunto muito interessante. Até então, não podemos voltar ao passado, o ponto positivo disso, é que podemos criar “n” teorias para criar bons plots para histórias.

    Tem um filme que gosto bastante, que se chama “Em Algum Lugar no Passado” (Somewhere in Time), baseado no livro de mesmo nome. O escritor do livro, Richard Matheson, também foi responsável pelo roteiro do filme. Richard começou sua carreira escrevendo contos para as revistas Pulp.
    O filme conta com Christopher Reeve (o eterno Superman) e Jane Seymor (a mulher mais bela da decada de oitenta.)
    A ideia principal do filme, trata de uma viagem ao passado, só que de uma forma não tão convencional. Ele viaja depois de uma hipnose, e um totem é a sua ligação com o presente.
    O filme não mergulha no sci-fi, e sim em um romance, que é muito intessante. Tudo embalado pela excelente trilha sonora de Jonh Barry.

    https://www.youtube.com/watch?v=9uicvPZSKIM

  • Henrique Tavares

    Queria acrescentar com Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban. Está na vertente de que viajar ao passado não muda o futuro, então não estragou a história ao introduzir a viagem do tempo. Não existe a possibilidade de alguém simplesmente voltar no tempo e matar Voldemort, porque nessas histórias a gente sabe que você acabaria provavelmente sendo o responsável pelo que você quer evitar, ou seja, você quem faria ele virar um capirotinho.

    Gravity Falls também explora em alguns episódios a viagem no tempo, com muitos saltos no tempo e muita maluquice. Gravity Falls faz tudo muito bem, então usas seus conceitos de forma bem concisa e consistente.

  • Porra Neto, tudo bem que ninguém gosta do Eccleston, mas “Dia dos Pais” é um dos poucos episódios bons da primeira temporada de Doctor Who.

  • Jhonata Cosmo

    Vejam Time Lapse, apesar desse filme ter uma capa lixo é bom até: https://www.youtube.com/watch?v=_YhP-VfH81E

    • Aline Santos

      Jhonata Cosmo
      Pra quem gosta de ver filmes e seriados e não quer
      pagar pelo serviço da Netflix aqui vai uma alternativa totalmente
      gratuita http://goo.gl/6sM4zE

  • Cheio dos gif…