Um site que não é lá.

Nerdrops #58 – Caras e Coroas.

21

 

Chegou enfim um Nerdrops com sua equipe completa… bem quase. Já que Pollar quebrou o braço e só fala através de ventriloquia , no entanto, Guizaum, Sussi, Oliver Perez e Vivacqua ( em games) voltam de uma semana agitada para trazer até vocês o seu cast semanal de notícias do entretenimento e mais uma vez presentes no Nerdrops, nosso velhos amigos e convidados Ian Marlon (TrailerCast) e Fernando Rosa vulgo Kodoji.

Saiba neste cast:

Qual ator mandou um Spoiler do final de Harry Potter no início da franquia;

Qual convidado confere de maneira não proposital a edição de Capricho do mês;

Qual o detetive mais sobrenatural de todos;

Qual ator brutamonte é o mais matador em sua carreira;

Como se fazer uma paródia de uma paródia;

Como Robert Rodriguez construiria uma personagem de Conan;

Como Tirar leite do joelho;

Como detectar atrações Zumbi na web;

Comentado no Cast:

Momento Sofá

Segue o ganhador da Promoção “O Sussi pega a fila por você!”:

Sugestões, reclamações e especulações, enviem para nerdrops@gmail.comnerdrops@grandecoisa.com.brounerdrops@grandecoisa.com.br.br

  • LeonardoNerd

    Primeiro. o/

    Nerdrops sempre perfeito no time do cast, tava indo deitar (sim, trabalho de madrugada) quando decidi colocar o itunes pra atualizar os casts, ai recebo no Twitter o aviso que o Nerdrops da semana saiu, Epic Win.

  • I Believe in Harvey Dent , hehehehe

  • Luiz Sussi

    Há!

    =D

  • Gabriel

    Bora lá nerdrops!

  • Pra variar, estou ouvindo no trabalho.
    Isso que é segunda feira! hehehe.

  • Salve, nerdaiada.
    Dylan Dog já teve seu filme na telona. Trata-se de "Dellamorte Dellamore", de 1994, que no Brasil foi traduzido para "Pelo Amor e Pela Morte" e nos EUA para "Cemetery Man".
    No longínquo janeiro de 2008, quando o nome de Brandon Routh foi cogitado, publicamos no zine (nº 03) uma resenha sobre o filme e sobre a HQ.

    Abração.

  • Ae galera do Nerdrops.

    Bom, vocês perguntaram o que faz as pessoas querem jogar rpg no portátil e eu acho que a principal razão é se ele utilizar a portabilidade juntamente com o estilo de jogo, como em pokémon, que o personagem do jogo carrega os monstros do bolso do mesmo jeito que o jogador que carrega o portátil e a qualquer hora pode batalhar contra amigos. Outra razão que eu acho bem plausível é que os jogos de portáteis custam menos grana para serem produzidos e no Japão eles vendem horrores, mas a razão do publico ocidental ainda jogar esses games é meio desconhecida, porém acredito que o portátil é o lugar de experimentar coisas já que se não der certo perde-se pouca grana, mas se dar certo, é só levar as mudanças para jogos de consoles de mesa. Um exemplo disso pode ser visto no "Kingdom Hearts: 358/2 Days" que ao contrário das versões para playstation 2 que era bem simples, ele tem um sistema de equipamentos extremamente complicado e o próprio pessoal da Square viu que pelos feedbacks que aquilo não tinha dado certo e não irão usar mais, então provavelmente do Kingdom hearts 3 vai ser um conjunto de coisas que deram certo em versões portateis sem inovar muito, mas agradando em cheio o publico.

    Quem joga em um portátil também é um pouco casual e para quem acha que 50 horas é muito tempo para se dedicar a somente um game (até porque alguns não mudam muito com o decorrer do jogo e você enjoa antes de terminar), os rpgs de portáteis podem ser a solução, pois eles tendem a ser mais curtos, porém condensados, com pouca enrolação, diferente de rpgs de consoles de mesa que são complexos e exigem muito tempo de jogatina para ver o final.

    Sobre o lance dos emos, bom eu acho que emos são pessoas que demonstram os seus sentimentos e sempre estão tristes, nunca mudando, enfim, cultuam a tristeza no lugar da felicidade (até porque qualquer um demonstra felicidade). A partir do momento que há uma jornada do herói para ele lagar de ser fresco, eu não posso dizer que o cara é emo. O jogo não é um culto a tristeza, mas sim na superação dela, por isso não é EMO na minha opinião de merda. (obs.: não precisa comentar isso no cast para evitar a discussão interna)

    Bom, é essa a minha opinião e até mais…

  • Hoje vou dormir escutando vocês ! Hehehe

  • Luiz Sussi

    hehehe dorme escutando o concorrente =D

  • David

    Salve, pessoal
    Muito bom o cast …ri pra caralho …mas morri de rir com o post do sussi no twitter viciado na fazenda ..porra sussi ate você …fazenda e de minininha …vlw galera nerd ..pelo cast e pelas risadas no metro lotado se Sampa .flw.

  • Victor, o Metal

    Juan of the Dead é tenso hehehe, quero só ver o naipe da produção.

    Jogos de RPG em portáteis eu gosto da série Disgaea (estratégia em turnos sim, mas tem todos os elementos de um Jrpg), port dos jogos originais que saíram no PS2, detalhe a notar é que o port tem ainda mais conteúdo que os jogos originais! tenho mais de 500 horas jogadas levando em conta todas as versões e ports da serie (contando disgaea 1 e 2, não tenho ps3 para jogar Disgaea 3), foi o motivo de ter comprado o psp e o ps2 em suas respectivas épocas, coisa de viciado mesmo.
    Existe de fato uma tonelada de rpgs para escolher, e recomendo o site rpgfan.com pra quem quiser ficar de olho tanto nos jogos que chegarem nas terras do Oeste quanto os jogos que ainda não foram traduzidos.

  • Pessoal obrigado por mais um cast, sobre juan of the dead putz que coisa tosca, esse tema de apocalipse zumbi ja ta começando a ficar saturado e anime/quasehentai/manga(High school of the dead que é bom), serie de tv, filme, so falta virar novela da globo. ate o proximo cast vlw pessoal,
    (nao e por nada nao mas o pollar na caricatura no topo do site ta com uma cara de velho ranzinza)

    • Fizeram de propósito para todo mundo pensar que eu sou assim mesmo, hehe

  • Muito Bom o cast! kkk, dei muitas risadas. Mas desde uns casts passados, sinto que está faltando alguém das antigas ou estou louco? =S

    • cara so se for o argentoni (nao sei se escreve assim) segundo sussi e oliver ele esta internado num asilo com auzimer e pregando a dentadura com corega.

      • Caramba! kkk, vou reescutar (é assim q escreve? o.o) os velhos e ver quem está faltando esta história…

  • Feroz

    É até covardia comparar JRPGs com os American RPGs. No segundo grupo, você tem jogos onde praticamente tudo é possível (como no citado Oblivion, e seus precedentes da série Elder Scrolls).

    Já no grupo dos JRPGs, a linearidade é padrão, o que torna o jogo por muitas vezes sacal.

    Só para manter em Oblivion, contarei uma passagem que ocorreu comigo:

    Estava eu a sair com meu personagem da cidade de Anvil quando, ao andar um pouco, avistei uma maga viajante. Derrepente essa maga foi atacada por 3 ladrões que a espancaram e roubaram todos os seus itens, deixandp-a no chão. Tudo isso em um evento completamente aleatório!!! Tem como não gostar de um jogo desses?

    Um abraço!

  • nem sei a diferença de JRPG e RPG!

  • Leo Luz

    Caracas, depois dos desfalques na equipe do cast anterior, esse voltaram com tudo! Hahahaha…
    Com certeza, o mail está preparado para este cast!
    Abraços

  • Haruki

    Gostei mt do cast, o layout e design do site esta mt legal, e o trailer cast tb n é ruim mas é feito por cariocas isso tira a credibilidade deles rs, abraçzz

  • Feroz

    Só gostaria de fazer um comentário atrasado sobre o filme dos Vingadores.

    Vocês disseram que tem medo de um filme com tantos personagens poderosos porque não haveria vilão a altura, a não ser o Galactus; mas que ficaria chato pois o cabeça de balde já apareceu no filme do Quarteto Fantástico.

    Como assim não haveria vilão a altura? Se esqueceram do titã Thanos, a contraparte do Darkseid no universo DC? Acho que ele seria um ótimo vilão para os Vingadores, visto que é imensamente poderoso, e possui asceclas também muito poderosos.

    Além disso a Manopla do Infinito, artefato cósmico de imenso poder ligado diretamente a mitologia do Thanos, parece que estará no filme do Thor, o que dá a entender que o mesmo poderá ser o vilão do filme do grupo de heróis.

    Segue o link: http://blog.newsarama.com/2010/07/26/infinity-gau

    Um grande abraço!