Um site que não é lá.

GC 8 | Modas e Modinhas escrotinhas tchubirubas!

12
GC 8 | Modas e Modinhas escrotinhas tchubirubas!

Tirem suas camisas e meias xadrezes do guarda roupa, calce seu kichute, pegue seu Uno tunado e venha com essa trupe dar um passeio pelas modas escrotas que já passaram e as que ainda insistem em existir, por mais que as pessoas comuns a reneguem!

Allan Pollar, Guizaum, Oliver Perez e Simão Neto fazem uma coletânea de coisas que foram ou são febre e que, se olhadas devidamente, não fazem o menor sentido.

Neste cast totalmente mainstream você saberá:

  • Qual integrante do cast não é mais grunge apenas por uma questão de tamanho de roupa.
  • Por que não pode haver funk universitário.
  • Como tem gente nesse mundo com a camiseta de uma banda de rock sem saber do que ela se trata.
  • Quem sabe todas as letras do Racionais MC.
  • Quais os cabelos que fazem a cabeça do pessoal, mas que não seriam usados por nenhum dos apresentadores deste programa.

Comentado na leitura de e-mails:

Para seguir no Twitter:

Mande e-mails para contato.grandecoisa@gmail.com e contato@grandecoisa.com.br não se esqueça de curtir nossa página no Facebook e assinar o feed do nosso programa, ok?!

  • ALisson001_

    Baixando

  • Sckazinski

    Baixando tb! Sempre foda essas quartas a cada 15 dias! =D

    Abraço, seus coisos!

  • Israel Cesar

    Adoro ver esse pessoal reclamando da vida! sempre melhora meu dia! XD

  • Olá pessoal… Atendendo a dica do Luiz Sussi, estou aqui, ouvindo pela primeira vez o Grande Coisa… Gostei, um formato que eu já estava bem acostumado a ouvir. Apesar de agora estar com bem pouco tempo para ouvir podcasts, farei sempre o possível para acompanhar este.
    Abraço.

  • Fala galera.
    Primeiro, o Michél Teló ter pego no mundo todo não é sinal de qualidade.
    Pensa em quantas pessoas no mundo não falam coreano e escutam Gangnam Style.
    A musica ter ritmo e uma boa batida torna ela universal e tira do cantor a responsabilidade de passar alguma mensagem.
    Seguindo (não vou contar todos os tópicos)
    O Latino tem um mérito por saber reconhecer musicas boas e um demerito por acabar com elas.

    Uma modinha escrota é de coisas e marcas que geram status.
    Produto X dura mais, tem mais funcionalidades e melhor rendimento, produto Y é “de marca” por isso é melhor.

    LED azul é tão chato que me incomoda mais dormir com a caixa de som do pc ligada do que o próprio monitor.

    Moda de roupa que me incomoda é a de vestir crianças como adultos.
    Eu não sei como isso surgiu, mas às vzs eu to num shoping e me sinto na fábrica do Willy Wonka, cercado de oompa-loompas e anões.

    A história que não sei se é verdade sobre a calça mostrando a bunda é que ela foi criado por presidiários. Quem andava com a calça assim era gay e queria dar o rabo e tinha que sinalizar isso de alguma forma sem ter que falar.
    Não sei se é verdade, mas parece viadagem suficiente para ser.

    Essa raça que fica usando óculos sem necessidade ocular devia ver um filme 3d com os dois óculos para ver como é chato essa vida.

  • Excelente cast galera, muito bom! E concordo com o Radoc muitas pessoas não fala PORRA nenhuma de Coreano e estão vibrando com o Gangnam Style!

  • Olá coisos, tudo bom?

    Caras, que não teve uma camisa de flanela? Eu tinha, adorava aquele negócio, só não ficava usando no calor, porque ninguém merece!! Mas não fui grunge não, só gostava da camisa mesmo. Hahahaha!

    Uma modinha que me irritava muito, era daquela época no início dos anos 90 de Putz, Putz, ou Poperô, como vcs desejarem. Aquelas músiquinhas ridículas com todos com o mesmo passinho… Enfim, me irritava demais! Hahahaha!

    Ri demais como sempre, gente, valeu!

    Abraços!

  • Caxias do Sul/RS

    E aí noobada!

    Eu costumo dizer que existe a modinha boa e a ruim.
    Um exemplo de moda boa é Star Wars, lembro de uma época, que eu não tinha com quem falar sobre a saga, eu era o único que conhecia a saga. De alguns anos para cá, essa moda está ficando insuportável, tenho certeza que 90% do pessoal que compartilha imagens de Darth Vader, não viu nenhum dos filmes. Pois, os filmes antigos “envelheceram” e esse público mais jovem não é atraído. E os novos filmes não são tão bons para chamar esse público que se diz fã. Até eu, evito falar que gosto de coisas nerds muitas vezes, para não ter que “discutir” algo com alguém, que leu recentemente algo no Wikipedia e quer ser o sabe-tudo. Na verdade, não é nem modinha Star Wars, e sim, modinha nerd. Ou como já vi em um Nerd Office, o nerd fake.

    Aqui no Sul, na minha cidade especificamente, existem bairros bem pobres, como em qualquer lugar do Brasil, casas caindo aos pedaços. Bom, isso infelizmente acontece. O mais estranho de tudo, é que em muitas dessas casas desmoronando, na garagem (ou rua) sempre tem um carrão, cheio de acessórios, como neon, um som que vale mais que o preço da casa… tocando um Funk, ou seja, cada um com suas prioridades.

    Vocês citaram o Funk Furacão 2000. Eu acho que essa época as coisas era um pouco mais inocente, lembro dessa moda, eu realmente gostava, lembro que comprava alguns CDs, só por causa da faixa “bônus” que alguns continham.

    E todo mundo gosta de Metal também. Acham que ouvindo Metallica já se podem consagrar metaleiros de verdade, sem nunca terem ouvido Mayhem, Urvel…

    E a moda de superestimar as coisas…
    Me irritei muito com o filme Vingadores. O filme é bacana, realmente… Mas, pô, melhor filme do Mundo não! Essa moda de falar que o filme é perfeito me deixa maluco.

    Bom, poderia citar Crepúsculo e mais modinhas que me incomodam, mas o texto iria ficar gigante!

  • Rebeca Bonel

    Olá Coisos, a convite do meu amigo Neto, e nossas risadas, vim escutar os podcast’s de vocês e sinceramente, parabéns.
    Dando uma pitadinha na conversa, as músicas com os famosos “passinhos” foram as mais marcantes, qual menina(o) nunca dançou Bonde do Tigrão na escola ou naquela festinha de aniversário? Dentre outros assuntos bacanas e muito bem humorados, tive que concordar com a opinião dos colegas sobre o Blaze Bayley, e não posso perder a oportunidade de usar o meu lindo sarcasmo, para zoar com o cara que, se em 96 em Pacaembu, o cara já errava refrão da música da própria banda, não é a toa que mês que vem, estará tocando aqui em Sorocaba, junto com a banda Shaman…
    Enfim, curti muito a page e ficarei ligada nas novidades! Não que isso seja grande coisa 😉

    Um beijo.

  • Filipe MacLeod

    E a moda do brinco em uma orelha só… em homens!!! … Acreditam que tem um amigo meu do serviço, o cara deve ter uns 40 anos, casado com filho e tal, e usa essa parada… é osso!

  • Vitor Urubatan

    Rsss “moda” é foda.